Colocando a limpeza à prova!

dezembro 15, 2020

Escrito por Laurie Holmes, instrutora particular certificada da ISSA CMI

Diante do evento da COVID-19, é crucial que as escolas adotem um programa regulamentado de limpeza. Agora, mais do que nunca, é essencial que os distritos escolares também empreguem uma maneira quantitativa e científica para medir seus níveis de limpeza em todas as instalações.

Um desses métodos de medição é conhecido como teste de ATP e tem sido amplamente usado pelos setores de alimentos e cuidados de saúde. ATP é a sigla de adenosina trifosfato, um composto orgânico descoberto no fim da década de 1920. No entanto, essa tecnologia não começou a ser utilizada como uma ferramenta para medir a limpeza até o fim da década de 1980 e no início de 1990. Assim como os primeiros telefones celulares, os modelos iniciais eram volumosos, difíceis de manejar e transportar. Sim, estou atestando a minha idade e se você consegue lembrar do telefone celular original (conhecido como “bag phone”), então sei que deve estar dando risadas dessa visão nostálgica. Os modelos de hoje em dia são otimizados, ergonomicamente melhores e compatíveis com armazenamento de dados.

A ATP definida anteriormente é simplesmente uma molécula de armazenamento de energia encontrada em abundância em todas as células de todos os organismos vivos. Portanto, a detecção de ATP em uma superfície é indicativa da presença de organismos vivos. Uma superfície pode parecer limpa a olhos nus e até mesmo transmitir uma sensação de limpeza ao toque, mas ela realmente está absolutamente livre de micróbios patogênicos?

Como o teste funciona? Um swab (amostrador) é usado para coletar uma amostra em uma pequena área de uma superfície predeterminada. Em seguida, o swab é inserido em um tubo para que possa ser misturado com um reagente. O reagente (luciferina/luciferase) mistura-se à amostra de ATP e produz luz. Essa quantidade de luz é medida por um luminômetro e traduzida em URLs (unidades relativas de luz).

Estamos falando da mesma reação química que acontece em vagalumes.

Quanto maior o valor de URL registrado, maior a quantidade de ATP associada ao respectivo local de teste. A realização desse processo leva menos de 60 segundos e fornece dados em tempo real ao invés dos dias necessários para, por exemplo, fazer o cultivo em um laboratório.

Meu primeiro contato com o teste de ATP aconteceu enquanto eu trabalhava como instrutora no Keystone Technical Institute (KTI). Conheci um senhor com o qual rapidamente engatei uma conversa baseada em nosso amor pela destruição de patógenos. Quem ainda fala algo desse tipo? Bem, a garota que passou 6 anos e meio gerenciando os instrumentos de cirurgia laparoscópica no Penn State Hershey Medical Center fala! Pouco tempo após conhecer Baron, convidei-o para uma conversa com meus alunos de processamento estéril no KTI. Ele fez uma demonstração do teste de ATP e eu fiquei completamente fascinada. Todos estávamos boquiabertos com os níveis registrados conforme ele amostrava diversas superfícies e obtinha leituras absurdamente altas. Ele aplicou procedimentos simples de limpeza, refez o teste nos mesmos locais e conseguiu demonstrar como era possível reduzir a contagem de maneira significativa. Eu estava ABSOLUTAMENTE CONVENCIDA!

Avancemos para 2018, quando passei a integrar a equipe da Americhem como especialista em saúde, bem-estar e segurança. Pouco tempo após minha integração, lembro de uma conversa que tive com nosso Presidente, Kurt Amig. Ele falou sobre o teste de ATP e logo abri um sorriso! Falei “Ah sim, conheço bem essa tecnologia!”. Kurt sugeriu que usássemos uma marca específica de nome NEOGEN. Entrei em contato com a NEOGEN e isso foi o início de uma belíssima parceria, por assim dizer!

Sem dúvidas esse sistema fornece leituras consistentes, uma unidade de testagem fácil de usar, armazenamento de dados e um swab plano patenteado (proporcionando uma amostra com coleta mais abrangente). Além disso, a equipe da NEOGEN está muito além da média em relação ao suporte e treinamento oferecidos.

Enquanto eu pesquisava informações para escrever este artigo, encontrei uma lista fatores que devem ser levados em consideração ao adquirir um sistema de ATP. A sugestão final foi a seguinte:

“Um kit de teste de ATP é tão bom quanto o operador dele. O operador de um kit de teste é tão bom quanto o suporte fornecido pelo fabricante ou revendedor. Sem treinamento e suporte técnico e de formação adequados, o investimento em um sistema de ATP pode ser algo frustrante e improdutivo. É desnecessário dizer que talvez esse seja o aspecto mais importante ao analisar uma unidade.” Sanitarista forense Robert W. Powitz, Ph.D., MPH, RS, CFSP

Os fatores adicionais incluem:

  • Capacidades de software/armazenamento de dados
  • Facilidade de uso
  • Facilidade de calibração, validação e reprodução dos resultados
  • Suporte do distribuidor/fornecedor
  • Ambientes de testagem/facilidade de transporte entre os locais
  • Disponibilidade e custo de insumos
  • Tempo necessário para um treinamento adequado

Tivemos o prazer de auxiliar vários distritos escolares com os quais trabalhamos, colocando-os em contato com o programa da NEOGEN. Portanto, ao longo dos últimos dias vesti meu colete de jornalista para perguntar sobre os resultados do programa e conhecer as opiniões sobre o processo.

Veja o que eles falaram…

Karisa Lehman ~ Distrito escolar da região de Carlisle

“Usamos o processo entre as sessões híbridas para avaliar nossos processos de limpeza. Isso nos ajudou a prestar atenção a áreas de alto contato e identificar pontos problemáticos.” Karisa disse que o sistema é fácil de usar, a geração de relatórios dos dados é descomplicada e ela conseguiu fazer o upload dos dados com rapidez para enviar os relatórios à alta administração. Ela também falou sobre como estava positivamente impressionada com a equipe da NEOGEN. Ela continuará realizando o teste nos próximos meses para promover uma maior consistência. Posteriormente, ela passará o bastão para outros membros da equipe que continuarão o programa. Como ela vem fazendo os testes nas salas de aula, os professores perceberam e costumam perguntar o que ela está fazendo. Ela pode responder com total confiança… “validando nossos métodos de limpeza”.
Joe Wachter ~ distrito escolar da região de Shippensburg

“Testamos várias superfícies em cada escola.  Descobrimos que nossa equipe está fazendo um excelente trabalho.  A maior parte das leituras tem estado na faixa de 200 ppm.  Houve 2 casos com leituras acima de 600 ppm e fizemos as correções necessárias.  Quando incorporarmos o uso do sistema à nossa rotina, acredito que será uma excelente ferramenta para nós.” John Connor ~ distrito escolar da região de Pottstown ~ cliente da NEOGEN

Ao conversar com John sobre a experiência dele com a NEOGEN, ele disse que Alice da NEOGEN fez com que a transição fosse extremamente fácil. Ela obteve todos os dados, como edifícios, área, locais de teste etc. e fez o upload de tudo para o distrito. Após perceber que tinha esquecido um local, ele conseguiu adicioná-lo rapidamente e sincronizá-lo com o leitor. John explicou que ainda estão em uma fase voluntária, então apenas estudantes com necessidades especiais estão comparecendo. Os professores fazem a limpeza entre as aulas e John entra para testar várias mesas, com algumas sendo aprovadas e outras nem tanto. John fez questão de dizer que o processo não é uma caça às bruxas ou uma maneira de apontar o dedo na cara de alguém, mas uma ferramenta de ensino com o objetivo de alcançar melhoras.

Para concluir, como alguns dizem, a realidade é o que percebemos. Você consegue pensar em uma maneira melhor para diminuir a ansiedade da sua equipe, alunos e pais? Quando eu ensinava na KTI, costumava falar ao meus alunos que “não é possível promover mudanças sem dados”. O uso do teste de ATP da NEOGEN é uma maneira clara para definir padrões e estabelecer referenciais. Estamos vivendo um momento no qual precisamos ser proativos ao invés de reativos. Nenhum de nós deseja retornar ao ponto que estávamos em março!

Caso precise de mais informações sobre testes de ATP e o funcionamento dessa tecnologia, fale comigo mandando um e-mail para laurieh@americhem.net ou ligando para +1 (717) 939-7100 , ramal 26. Lembre-se: informações são um presente e essa tecnologia proporciona oportunidades de aprendizado para ajudar seus distritos a focar e priorizar programas de limpeza e desinfecção bem-sucedidos.

facebook
twitter
linkedin

Categoria: Dairy, Healthcare, Pet Food, Beverage, Prepared Food & Ingredients, Produce, Seafood & Aquaculture, Dietary Supplements, Food Service, Potable Water, Meat & Poultry, Milling & Grain, Food Safety, Agriculture, Animal Safety, Genomics, Life Sciences, Toxicology