Protocolos adequados de sanitização geram porcos mais saudáveis

novembro 04, 2020

Líder em soluções de biossegurança desde 1982, a NEOGEN® têm anos de experiência no desenvolvimento de soluções adequadas de sanitização necessárias à produção de suínos. Quando se trata de protocolos adequados em instalações de suínos, ficamos entusiasmados ao dividir nossos conhecimentos especializados e recomendações de solução. Um protocolo de sanitização adequado exige duas etapas essenciais: limpeza e desinfecção.

“Todos os desinfetantes agem melhor em um ambiente mais limpo. Portanto, a importância da limpeza antes da desinfecção não pode ser subestimada. A presença de solo orgânico cria obstáculos únicos para o processo de desinfecção. Do ponto de vista microbiológico, as partículas carregadas de solo orgânico cercam a molécula desinfetante e impedem a reação entre o composto desinfetante e o organismo”. — Stuart Heller, Gerente Técnico de Vendas da NEOGEN Segurança Animal

A importância da sanitização

A sanitização adequada é essencial por vários motivos. Sua instalação precisa receber a sanitização adequada para impedir a disseminação de bactérias e doenças tanto para os funcionários como para a saúde animal. Um saneamento rigoroso previne a transmissão de resíduos provenientes de material fecal e impede que patógenos perigosos afetem a saúde dos suínos, garantindo um produto de qualidade para os clientes.

A NEOGEN recomenda o uso de um detergente para retirar a gordura e remover o material fecal e outros contaminantes indesejados, seguido por um desinfetante forte para matar as bactérias e patógenos remanescentes com o protocolo de sanitização de duas etapas. 

“Levamos muito a sério a teoria de que praticidade é igual a conformidade, e temos um bom motivo para isso. Synergize® e Barnstorm® são produtos fáceis de usar. Eles não causam irritação nem são corrosivos nas diluições recomendadas. O velho pensamento de que “se um produto queima muito e cheira muito mal é porque está funcionando” FICOU PARA TRÁS! O remédio não precisa ter gosto ruim para funcionar bem”. — Stuart Heller

Recomendações de solução

Para limpeza, recomendados o Barnstorm, um detergente e desincrustante concentrado e resistente com uma mistura única de ácidos especialmente formulados e um detergente altamente espumante projetado para remover partículas orgânicas e inorgânicas das superfícies antes da desinfecção.

Para desinfecção, recomendados o Synergize, um desinfetante de amplo espectro e altamente espumante com eficácia comprovada contra bactérias gram-negativas e gram-positivas, vírus, bolores e fungos. Synergize é líder no quesito de biossegurança há mais de 15 anos e é o padrão que serve de base para todos os outros. Ao checar todos os critérios para desinfecção, o Synergize é a melhor escolha: não é corrosivo, mantém a atividade germicida nas condições rurais, preço competitivo e com eficácia comprovada contra uma ampla gama de doenças específicas de suínos, incluindo PRRSv, PEDv, FMD e PCV2.

Revisando seu protocolo

Estas são as seis etapas ao revisar seus protocolos de limpeza e desinfecção:

  1. Avaliar conformidade dos EPIs (equipamentos de proteção individual)
  2. Usar a concentração adequada do detergente
  3. Inspecionar o local após a limpeza
  4. Inspecionar o local após lavagem por pressão
  5. Usar e assegurar a concentração adequada do desinfetante
  6. Inspecionar o local após a desinfecção

“Você não pode fragmentar a biossegurança devido aos vários modos de transmissão: ar, água, visitantes e funcionários, animais rurais e roedores, animais selvagens, veículos, fômites (objetos inanimados, ou seja, pequenos equipamentos) e insetos são fontes potenciais de contaminação cruzada. Se não for tratada, a doença introduzida por esses vetores ficará muito forte para ser combatida pela imunidade natural. Nesse estágio, os produtores são obrigados a passar para a fase de tratamento (antibióticos), que é cara e malvista pelo consumidor”. — Stuart Heller

Acesse o site NEOGEN Segurança Animal para obter mais informações sobre soluções e dicas de protocolo de sanitização.

facebook
twitter
linkedin